Moda Feminina de Milão: um palco internacional para sete alunos

Em execução de 22 a 27 de Fevereiro, o Moda Feminina de Milão vai acolher sete dos mais talentosos alunos do Istituto Marangoni, que desde 1935 tem formado os melhores profissionais da moda e do design, quatro gerações de estudantes de mais de 100 países, incluindo os brilhantes designers que estarão exibindo suas coleções nas passarelas de Milão: Rodolfo Paglialunga por Jil Sander, Maurizio Pecoraro, Alberto Zambelli, Lucio Vanotti, Daizy Shely, e Ricostru – selecionado pela Câmera Nacional da Moda para serem apoiadas como marcas emergentes.

Além disso, a marca de Paula Cademartori, recentemente adquirida pelo Grupo Renzo Rosso, estará no cronograma oficial de desfiles de moda com sua mais recente e valiosa coleção.

Além desses talentos emergentes, o evento hospedará aqueles que se tornaram os embaixadores da excelência italiana no mundo da moda: Maison Moschino, cujo fundador e gênio criativo iniciou sua carreira no Istituto Marangoni, e Domenico Dolce, que frequentou a Escola antes de embarcar em uma carreira que o trouxe juntamente com Stefano Gabbana para fundar a famosa casa de moda Dolce & Gabbana.

Esta é uma conquista qualitativamente e numericamente importante, que reafirma o papel do Istituto Marangoni como um líder internacional no ensino de moda, já que cada um desses talentos é a maior expressão do Método da Escola, que tem girado, em oitenta anos, em torno de valores fundamentais como a internacionalidade, o reforço da “genius loci”, a relação com a indústria da moda e um corpo docente constituído por profissionais de primeira linha.