O comitê de conselheiros do Instituto Marangoni se reúne em Miami

Miami assistiu a reunião anual do IMAC – Comité Consultivo do Istituto Marangoni, formado por proeminentes representantes da moda, design e arte, convocados para elaborar as estratégias para o desenvolvimento da oferta educativa no Istituto Marangoni.

A direção do Istituto Marangoni esteve representada por Roberto Riccio e Giulia Pirovano, respectivamente Diretor Geral do Grupo e Diretora de Mercado do Grupo, e por Hakan Baykam, Presidente e CEO do Istituto Marangoni de Miami, a nova escola a ser inaugurada no futuro próximo. Outros membros incluíram Giampietro Baudo, Editor de Milano Finanza Fashion; o consultor estratégico Alessandro Cremonesi; Gianluca Fontane, o presidente da Câmara de Comércio Italo-Americana em Miami; Marva Griffin, fundador e curador do Salone Satellite no Milan Salone del Mobile; Diego Stecchi, sócio-gerente da Luxury Retail Partners; o designer Maurizio Pecoraro; a artista Paola Pivi; e Massimo Torrigiani, Diretor do Centro para a Arte Contemporânea de Bari e diretor de criação de Arte na Cidade Xangai.

Debateram sobre o tema “Moda e a Nova América: Art Basel como um posto avançado do intercâmbio e contaminação de ideias na moda, arte contemporânea, vídeo e design”. Hoje, o valor de contaminação pode realmente ser o eixo central de autoexpressão para os indivíduos talentosos emergentes. Para favorecer isto, a oferta acadêmica do Istituto Marangoni dedica atenção tanto à realidade global quanto à realidade local. Ao mesmo tempo, a importância de evitar a despersonalização da criatividade, e a questão do dualismo original/cópia, foram apontados como riscos inerentes ao processo de contaminação.